Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




terça-feira, 13 de maio de 2014

treze de maio/Amo o mês de Maio

Amo o mês de Maio
Amo o mês de maio
Amo este Sol de ternura
Parece-me um sol de ensaio
Apraz-me ao peito, Brancura

A brancura de Maria, da paz
Pedaços de seda
...Tem flores, estevas e mel
Neles me agarro queda!

E presa nesta seda,
De tanta ternura...
Minha alma canta
Soberba candura!

Margui


10/05/14

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida