Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




segunda-feira, 24 de junho de 2013

janela da consolação


Janela da Consolação *

Fechada me vendas, de tudo o que vês defronte
No silêncio me agrides, ...ruge o mar que vem a monte.

Aberta , me dás vida ...
E nela me dás guarida,
Me alegras a alma à noitinha, na linha do horizonte
E eu de cá, te agradeço,...transcendendo a tua ponte...!!!

Me acordas plas tuas frestas
Só espelhas alegria
E não te vais em conversas
_ Levanta-te Guida, é outro dia.

_ Hum!!!Janela, põe cortinados.

_ Cortinados? Que é isso?
Não me quero ver tapada
Quero ver-te  aí deitada
E comigo endiabrada...;)
Levanta-te sua safada!
Eu quero mostrar-te o belo
Deixar-me abrir  em singelo
Retirar-te o mol enguiço ;)


*Uns entenderão, outros não ;) :):):) !!!
                                                                        

Maria Guida Rodrigues