Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




domingo, 16 de dezembro de 2012

Aposte no que é Natal


A magia de ser criança!!!O meu incentivo para este poema!

Aposte no que é Natal

Aposte num local calmo, sem mão do homem
Aposte na verdade, nem que te ensombrem
Aposte no que lhe é invisível
Aposte que há um Deus crível
Aposte no coração, relaxe e medite
Aposte que o Bem, sempre reemite...

Aposte no #ser criança#, na árvore, na rocha, no mar, na fonte
Aposte no homem, na mulher, no horizonte...


Aposte na sua fé
Aposte no que apenas é
Aposte na pura natureza
Aposte na sua presença, sua beleza!!!

                                                                   Aposte na...
                        Presença invisível
                        Que se torna visível
                        Tangível
                        Incrível !!!

Viva na verdade, perene de bela fantasia
Faça desta mescla natura, a sua alegria
E deste Natal, o nascimento de uma outra era
E do menos bom, menos feio,
...passado de quimera
Vamos e...
Apostemos que o futuro...ainda pode ser PRIMAVERA!



Maria Guida Rodrigues

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012


Lavei minh¢alma


Lavei minh¢alma
Lembrei de mim
O céu me acalma
É meu jardim
Nele semeio e agradeço
O que eu faço e recebo
Em cada passinho eu meço
O milagre deste enredo

Meu Universo, meu espaço
Que mais de ti posso querer?
Acordo no teu abraço
Caminho no teu regaço
Quão doce o amanhecer!

Maria Guida Rodrigues

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Mãe Terra,Terra Mãe



Mãe terra, Terra Mãe...
Em ti me sento
E sem apoquento
Assento meus pés, me ajeito
Abro asas...voo ao teu peito.
...
Levo comigo as mazelas
Desgostos, tristezas, querelas
Navego ao colo do Teu ser
Fico em mim, pra te sentir e ver
E a Ti entrego...
O enfadado mal querer

Me amas!. Me chamas!.        
Sorrio!
Te agradeço
Me despeço
E no regresso...
Minh alma esvoaça mais leve!
Eu salto feliz cada sebe...
Energizada de bem querer
...
Na vida e pela vida...
A cada passo
Mesmo sem embaraço...
A ti me confesso
E aperto o laço
Do Teu abraço
...“ Viver”

Não quero perder tua guarida...
Eu e TU, nesta corrida
Prá Vida!


Obrigada à professora Carla Penetra por me fazer voar nas suas aulas, ao colo infinito da nossa Mãe Terra,... à procura da nossa paz...Bem haja!

Obrigada ao Universo...



Beijinhos de bem querer.
                   
Em,15 de Novembro de 2012

Maria Guida Rodrigues

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Mãe Terra!


Mãe Terra

Tão incansável e protetora tens sido
Livras golpes e má gestão, do perigo
Tantos erram e ferem teu corpo protector
Mas vais amparando, com tanto amor...

Louvo a tua existência
Louvo a tua abundância
...
São joias as tuas sementes
A vida, está nestes presentes
...
Que germinem...
_Misteriosas
_Fortes
_Fascinantes
_Vulneráveis

Desculpa a nossa má gestão
E, do fundo do coração
Em meu nome e em nome de outros seres humanos
Peço desculpa, por tantos danos
...
Mãe, pra tantos
A fome é uma verdade
...
Que se espalhem, que se partilhem teus frutos
No corpo e coração desta Humanidade...


Maria Guida Rodrigues

sábado, 27 de outubro de 2012

Insurgidos de bruxa



Neste país de porquês
Ótimo aprender chinês
Porque tu nada entendês
Ou não vês?
...
Vamos todos no fagote
Chinesices já é dote
Pra que tanto frenesim!...?
Atraca qué mandarim.
...
E viva o chinesismo total e empresarial
Futuro histórico de Portugal...

Do conselho de ministros
Vamos sair todos fritos
Com o método Gaspar
Só nos resta ajoelhar
...
Todos temem o futuro
Onde estará o Seguro?
...
Esses malvados ofícios
Só nos trazem sacrifícios
...
Onde estará um achado
Neste país cum Diabo?

Com tanta mentira e austeridade

Muros da realidade...

Crueldade!!!

Bruxinha ...

Ainda há dubiedade?


Beijinhos de bruxa

Maria Guida Rodrigues