Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




terça-feira, 30 de setembro de 2014

trinta de setembro/O amor de meus olhos veem em teus olhos...


O amor de meus olhos veem em teus olhos
O amor, a raiva, a alegria, a tristeza e a prisão
Bem no fundo , um mundo de confusão...
Compaixão muita, muita, aos molhos

Limites testados
Vinganças magoadas
Posturas compradas
E os amores, queridos, endiabrados...

Liberdade vida?
Não!
Mil cuidados, mil credos enganados, mil fados...
Causas, resultados de momentos aparvalhados
Enfim,
Já fez a conta a seus resultados?


M.G.


18/08/14

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

vinte e nove de setembro/Outono em mim

Outono em mim
Quero que caia de mim, todo o lixo encostado
Quero guardar em mim, todo o momento amado
Quero arrancar de mim, todo o poema riscado
Quero a mudança, quero a renovação
Quero esta magia, o renascer da estação
Quero amar estas cores, estes cheiros, na perfeição!
Quero
Quero tanto! Tanto !
Quero.

...E quanto mais quero
Mais pede meu coração...
E eu com ele vou...Feliz
Procurando...o ido, o vindo...
Rio de mim e por um triz...
Tudo me parece ilusão

Ai, ;)mas não!!!


M.G.

29/09/14



domingo, 28 de setembro de 2014

vinte e oito de outubro/Ação Socialista

Ação Socialista
Como fica Portugal?
Qual mudança no PS?
Tecno formas, ministros e coisas estranhas
Esperemos pelas seguintes artimanhas

Costa venceu as primárias
Acabou-se a papa doce, a tagarelice
Esperemos pelo congresso
E plas verdades que não disse...

Parece-me ser um misticismo...
O cheiro a poder é cinismo...


28/09/14

M.G.

sábado, 27 de setembro de 2014

vinte e sete de setembro/Imagino tanto... tanto ...tanto..



Imagino tanto... tanto ...tanto...
Que este tanto me põe à deriva
Como se no tanto haja um encanto
Que mexa minha alma, fogo de vida.

Imagino tanto, até sem saber, portanto
Que minha cabeça fica meio baralhada
Relembro meus avós nesta jornada
Parece feitiço, magia ou quebranto...

Imagino tanto e me espanto!


10/09/14

M.G.


sexta-feira, 26 de setembro de 2014

vinte e seis de setembro/Continuo a procurar


Continuo a procurar
Como saber meditar
E à força vegetativa
Peço a ajuda infinda!

Sinto uma energia subtil
Ao encontro de meu eu interior
No meu corpo, em meu coração
Quero a compreensão e o amor

Se eu estou preparada
As coisas me acontecem...
E as pétalas de minhas rosas
Florescem....


09/09/2014


MG