Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

vinte e sete de fevereiro/Canção para a netinha.


Canção para a netinha Bia/instrumental da canção “um abracinho”.

Refrão

Que bom que é, ver-te crescer
O teu abraço, faz-nos reviver             Bis

Tens nove aninhos
És nossa alegria
Sabe sempre a pouco
Tua companhia

Que bom que é, ver-te crescer
O teu abraço, faz-nos reviver          Bis

Foste a primeira neta
Do coração de teus pais
Teu irmão outra oferta
Queira Deus tenhamos mais

Refrão

Só o Universo sabe
Do sentimento de avós
Valha a sabedoria
Vós felizes, também nós

Refrão



26 de Fevereiro de 14
margui

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

vinte e seis de fevereiro/Amélia Maria



Há tantos anos que não te via
Amélia Maria
Quem diria!!!
Estás linda, elegante como sempre
A única diferença é que:
Só tens sede
_Sede de vida
_Sede de falar
_Sede de dar
_Sede de amar
_Sede elástica
_Sede da informática ....
...
Sim informática, essas máquinas
Que nos põem em contacto com o mundo
Vai Amélia Maria...
Não tenhas medo!
No clique está no segredo...
...
O segredo de poderes partilhar
A alegria de poderes mostrar
O que tens dentro desse pendrive
Teu pequenino e rico éden design
Que trouxeste de Brasília
A tua querida família!

Vai Amélia Maria...
É atravessares teu simples deserto
E decerto...
Ires da noite pró dia...
Vai Amélia Maria...




Amélia Maria!!!Uma amiga colega que o destino separou e no dia 22 de Fevereiro, nos fez reencontrar…"coincidência, ou nada acontece por acaso"?!!!


margui



terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

vinte e cinco de janeiro/Minha estrelícia

Minha estrelícia
Minha ave do paraíso
Custa a desabrochar
Com este griso!

És uma herbácea perene
...
Oval e oblongada
De cor verde azulada
Da África do Sul emigrada
E neste país encantada!

Tens folhas rijas e coriáceas
Belas e alongadas foliáceas...
Nelas me escondo e tem graça...
A tua energia me abraça
Adoro essa tua raça!
Bela e porreiraça ...
margui

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

vinte e quatro de fevereiro/Não abra mão da sua liberdade.

Não abra mão da sua liberdade...

Não abra mão da sua liberdade
Da força brutal do bater do seu coração
As rosas também são equilibradas pelos espinhos
O doce e amargo vêm em igual proporção
...
Belezas
Amarguras
Alegrias
Assim como as noites e os dias
O Inverno e o Verão
São a aceitação...
São o equilíbrio das duas polaridades opostas
As brisas delicadamente compostas
Das nossas vidas que não são em vão...


margui