Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Vinte de fevereiro/ Bom dia minha janela florida

                     Bom dia, minha janela florida


Com o instrumental de cheira bem, cheira a Lisboa, de Amália Rodrigues, aqui vai o meu desabafo...


Bom-dia, minha janela florida
Me fazes cada manhã cantadeira
Por ti, vejo a rua garrida
Me encantas com as flores da laranjeira
Orquídea faz inveja a quem passa
E me dizem :_O que lhe dás Maria?
...Só sei que  não há nada que cresça
Sem carinhos, conversa e alegria
Uma orquídea na janela plantada
Harmonia, é harmonia
O craveiro que a namora à entrada
Ó que magia, ó que magia
São as flores, os amores do meu canto
São as plantas que dão sombra e luz
Neste canto, eu planto e encanto
É o cheiro da vida, do amor que eu lhes pus

Desabafo convosco, ricas plantas
Trocamos energias e valores
As tónicas poéticas são tantas
Emerge o cheiro de tantas flores
São vidas coloridas que se fundem
São belas sinfonias desiguais
Existências serenas que se cumprem
Elas próprias, unas e triunfais

Uma orquídea na janela plantada
Harmonia, é harmonia
O craveiro que a namora à entrada
Ó que magia, ó que magia
São as flores, os amores do meu canto
São as plantas que dão sombra e luz
Neste canto, eu planto e encanto
É o cheiro da vida, do amor que eu lhes pus



maria guida rodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida