Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




segunda-feira, 5 de maio de 2014

cinco de maio/orquídeas

Orquídeas








Sois singelas, delicadas, exuberantes
Adorais a esfarelada, a galhada das árvores
Fazeis brindes com belas flores
Não sois parasitas de quaisquer amores

Orquídeas poetas da vida...
Da natureza, beleza peculiar
Conseguis viver com muito pouco
Qualquer bocadinho vos serve para morar...

Vossa pureza e primor
Nos envolve de emoção
Feliz quem souber compreender
Valorizar e entender
O sentido de tanto amor...

Margui



26/03/14

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida