Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




sábado, 17 de maio de 2014

dezassete de maio/Tira da mente

Tira da mente

Tira da mente o que não presta
Não carregues lixo pra alma
É ele a pior fresta, que molesta...
Reinventa a esperança, acalma

Precisas de paz, amor, harmonia
Otimismo e alegria de viver
Levanta-te com o aroma de cada manhã
Congratula-te , do mundo, não és órfã...


Margui


14/05/14

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida