Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




sexta-feira, 25 de abril de 2014

vinte e cinco de abrii/Que cor tem a liberdade?


Que cor tem a liberdade?






Que cor tem a liberdade?

O que é ser livre aqui?

Onde mora a verdade?

Mentiras  já tantas vi!






Economia e maldade
Crimes com que viver
Cortaram–me a liberdade
Pergunto-me que deva ser…!?

Sei que sou apenas do mundo
No meu ser, bem mais profundo
E me querem cega e muda
Como eu era em miúda!!!

Não é o abril da esperança
Parece o sol da vingança
Enche a barriga* o graúdo
E lixam o zé miúdo
...
O sol quando nasce é para todos
Mas eu só vejo é engodos
...
E o mundo fica parado
Já não há zé do fiado!!!
Pra  derrubar cum  carago
A quem vive cu roubado!

Portugal está lixado!
E gosta de viver neste fado!!!

Quando aparecem os anjos!?
Que acabem com estes marmanjos?



*e à descarada(desgoverno do governo)

24/04/14

margui

2 comentários:

  1. Tardam em chegar esses anjos! Gostava de gritar a esses senhores (rapazolas?), que um velho vive bem com uma refeição de sopa e um chá e uma fruta (mesmo que seja só uma peça por dia) , mas um velho , não vive sem a sua medicação. E há medicamentos que são imprescindíveis aos velhos! Um velho, pode sem querer partir ou perder os seus óculos, e precisa de outros, Como podem estes rapazolas cortar pensões a pessoas que recebem 605 eur, velhos, doentes, (não há velhos saudáveis) e muitas vezes ainda com familiares a cargo? não é só maldade é tirania, insensibilidade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assino plenamente o que declaras.
      Um beijinho bem saudável te mando para ver se melhoras da tua gripalhada.

      Eliminar

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida