Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




quinta-feira, 10 de abril de 2014

dez de Abril/Cala, não digas nada


Cala, não digas nada...

Cala, não digas nada
Que a vida é uma estrada
O que hoje tu vês
Amanhã nem crês

Cala, não digas nada
Nem mesmo a verdade
Virá um amanhã
Será um dito vã?!

Se guardares pra ti
Teu sentir e ver
Mais tarde o por quê
Tu vais entender...!

Cada dia nova paisagem
Nova estrada, nova viagem
Vá-se lá entender...
Deixa esquecer...
Cala,não digas nada...


Margui


10/04/2014

1 comentário:

  1. E se falares, não digas tudo! guarda sempre algo para ti e espera para ver!

    ResponderEliminar

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida