Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




segunda-feira, 21 de abril de 2014

vinte e um de abril/A Páscoa findou

A Páscoa findou














A Páscoa findou
Andando eu vou
Não convém parar
Se o tempo não dá
Sempre a primavera
Que vale eu zangar...?!

Uma hora a tocar
O Benfica a ganhar
Alegria frenética
Fontanelas, Gouveia
Uma noitinha cheia
Nesta zona poética

Oh se eu dormi mal
Okey não faz mal
Outra noite virá...
Não me vou queixar
Nem o mundo virar
Por hoje fraca estar...

Às oito da manhã
Estava no ISCE
Pra cantarolar
Queria era dormir
Mas tive que sorrir
Não devia falhar...





21/04/14
margui

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida