Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




quinta-feira, 13 de março de 2014

treze de março/Tudo isto vejo, da minha janela...

Tudo isto vejo, da minha janela...
Sol alto! Um colorido de encantar
O transito vai murmurando
O casario vê-o passar
As pessoas vão andando
As linhas férreas esperando
Que o comboio as ponha a chiar...

Tudo isto vejo da minha janela...
O jardim verde chama por mim
Me lança o aroma, da sua aguarela...

Eu desço,
Levo nos meus olhos este colorido
A felicidade dum quadro não fingido
E porque estou contente...
Conto a todo o grupo, à minha gente.
...
Ó meu doce nascente
 Agradeço-te este presente...


Maio 2013

margui

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida