Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




domingo, 9 de março de 2014

nove de março/Salvé, o embrião da Vida!

Salvé, o embrião da Vida!
O rei chegou com amor

Pai do trabalho e da alegria
Ele silencia a dor...
É o condutor do dia...

Hoje coraste minha face
E eu voei em teus raios
Na praia te vi correr
Atrás de tantos catraios






Fico triste quando desapareces
És tu que feio e estragado reverdeces
Cintilas nos tufinhos da verdura
Sol não te vás que a noite é escura...

Tu cantas à natureza
Tu extasias o mundo
Teu embrião, a maior riqueza
Não há poder mais fecundo...

Obrigada a ti, obrigada ao mundo!!!

08/03/14


margui

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida