Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




domingo, 2 de março de 2014

dois de março/Eu sou eterna

Eu sou

Eu sou a própria consciência, a perceção
A única coisa que não irei perder
Esta vida é tão fugaz, mas eu sou eterna
O que eu quero é mais viver; a consciência do ser...

Por vezes, experiências de vida, cria sensação de vazio
O coração por momentos, fica partido, gelado de frio!
Sente-se, ressente-se e, com o menos bem, enfrenta-se
Descobre-se a paz, agradece-se, contempla-se!


Eu sou a própria consciência, a perceção
A única coisa que não irei perder
Esta vida é tão fugaz, mas eu sou eterna
O que eu quero é mais viver; a consciência do ser



margui

Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida