Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Oito de Janeiro




Lindas as minhas meninas!
Com quem me alegro em cantigas
A elas dou o que tenho
E elas são tão queridas...

Hoje
Receitas e  saberes
Cada um me convenceu
As filhós?
Tudo a olho ó professora
Nosso braço a batedora
Nada havia como agora!
_Aponte já a receita
Senão pró ano não se lembra
Vamos lá embora....
...:)JJ
Gente despachada
Que nunca esteve parada!
Uma vida de luta jornada.

Mocidade com tantos deveres!
Sorrisos nos afazeres...
Hoje, quem isso diria?

A idade é um posto, um livro de sabedoria
Cada dia com elas é um poço de alegria.


Maria Guida Rodrigues



3 comentários:

  1. Tanto se dá e tanto se recebe desta maravilhosa gente!

    ResponderEliminar
  2. Liiiindo!!!
    Imagino o que deves sentir cada vez que estás com as tuas lindas meninas...é muito compensador, e acho que se recebe mais do que se dá!
    Bjs grandes.
    Patricia

    ResponderEliminar

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida