Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




quinta-feira, 20 de julho de 2017

E é deste meu retiro...

Qualquer inquebrável se trespassa
Plas forças da biomassa
Se o psicológico pertinente
Tenta vencer a alma à gente...

E é deste meu retiro
Que o olhar que eu respiro
Me convida a viajar...
São tantas as carruagens
Que em frente me deixam margens
E me obrigam a sonhar...

Umas me levam mais longe
Mais rápidas,mais elegantes
Vermelhas,na maior força
Fugazes, contagiantes...

Outra,no seu vagar
Parece querer-me convidar
A viajar pra mais perto
...não interessa correr...
Só devagar se pode crer
O que a vida tem de asserto😍

MG Julho 2017


Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida