Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Olho-te,toco-te,cheiro-te e amo-te...

                                          

Orquídea, eu olho-te...

Olho-te, porque és bela
Olho-te, porque me apaixonas
Olho-te, minha caravela
Olho-te... e me emocionas..

Toco-te porque me curas...

Curas da ansiedade
Curas da depressão
Curas a tua vaidade
Curas o meu coração

Cheiro-te porque te amo...

Amo a tua exposição ao sol, ao vento, à geada e o teu cariz ao frio
Amo o teu cheiro de amor que me impulsa o nariz e me inebria
Amo os teus gestos libertos do tudo e do nada, ondulando no teu modesto brio...
Amo o teu garbo, livre femininíssimo, oferecendo secreta e inaudível poesia.

Amo a tua inteligível magia...




                                                                                                                                         MG
16/01/17


Sem comentários:

Enviar um comentário

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida