Dizem os números que um ano cessou...e outro iniciou...Assim sendo,ou não,no tempo sempiterno,Eu Vou...Um abraço de muita paz e muito amor...a quem comigo, neste barco for...

Quando meu tempo mo permitir, porei neste espaço, o que e o quanto me possa brotar,para convosco desabafar...neste mundo de corridas, neste mundo de porquês...
01/01/2017
margui




domingo, 19 de agosto de 2012

O mar




Deitada na areia, cantando a minha terra...
 "Viseu senhora da Beira", aproveitei o seu instrumental e sonhei...:)

E dedico aos meus filhos, cujos nomes começam por Mar... :)

O Mar, mostra seu encanto
Enrola nele a magia
Despe na areia seu pranto
À procura de folia
Embrenho no seu bailar...
Cada vaga, nos acalma
Rola pra nos massajar
...O corpo mexe có alma

Onda,
Logo aparece e se esfuma
Em toque de sumaúma
Mostra o seu encantar...
Bater,
E na areia renascer
No meu corpo dá pra ver
Que só me queres beijar...

Do mar, nasceram meus filhos
Por ele me enfeiticei
Remei com todos meus trilhos
Com todos eles amei...
Navego nas tuas vagas
Sonho e relaxo por cá
Também me dispo das mágoas
Eternamente oxalá...


Onda,
Logo aparece e se esfuma
Em toque de sumaúma
Mostra o seu encantar...
Bater,
E na areia renascer
No meu corpo dá pra ver
Que só me queres beijar...



                                                                     Maria Guida Rodrigues

4 comentários:

  1. Mesmo,mesmo maravilhoso! quando conseguir fazer assim poemas, não fico com eles só para mim. Vou mostrá-los ao mundo!

    ResponderEliminar
  2. Olá Guida,
    Que liiiiiiindo!!!!! Que saudades que já tinha de ler os teus bonitos poemas...!! Parabéns!
    Bjs carinhosos.
    Patricia

    ResponderEliminar
  3. Obrigada!
    Beijinho carinhoso também para ti.

    ResponderEliminar

É um prazer, receber o seu comentário.
Obrigada pelo contributo.
maria guida